BREVE HISTÓRICO SOBRE O DESENVOLVIMENTO DAS TELECOMUNICAÇÕES

 

1667

Invenção do telefone de cordel pelo físico inglês Robert Hooke.

1684

O monge francês Don Gauthier utiliza tubos pneumáticos em experiências de telefonia acústica.

1791

São feitas em Paris as primeiras demonstrações do funcionamento do "telégrafo ótico" de Claude Chappe.

     

1837

Samuel Morse inventa o telégrafo elétrico.

1850

França e Inglaterra ligam seus pontos - Calais e Dover, no Canal da Mancha - por cabo submarino, o primeiro instalado no mundo.

1857

O físico inglês David Hughes inventa o telégrafo impressor (ou teletipo).

1861

Phillipp Reis faz as primeiras transmissões de sons musicais por meio de fios.

1865

No dia 5 de maio nasce em Mimoso, Mato Grosso, Cândido Mariano da Silva, futuro Marechal Rondon, patrono das comunicações do Brasil.

A 17 de maio em Paris, é fundada a União Telegráfica Internacional que, nos anos 30, se transformou na atual União Internacional de Telecomunicações (UIT), com sede em Genebra.

A data de 5 de maio é no Brasil, o Dia Nacional das Comunicações, enquanto 17 de maio é o Dia Mundial das Telecomunicações.

 

1874

O Brasil inaugura o seu primeiro cabo submarino, que, cruzando o Atlântico Sul, ligava a América do Sul à Europa.

1875

Elisha Gray e Alexander Graham Bell descobrem que estão trabalhando no mesmo projeto: a invenção do telefone.

1876

Alexander Graham Bell obtém a patente nº 174465 da invenção do telefone. Três dias depois acidentalmente, Bell e Watson conseguem a transmissão da primeira frase completa por telefone ("Mr. Watson, come here, I need you").

A 25 de junho desse ano, Dom Pedro II, Imperador do Brasil, visitando a Exposição de Filadélfia exclama diante de Graham Bell: "Meu Deus, isto fala!".

1877

Funcionamento do primeiro telefone instalado no Brasil, no Palácio de São Cristovão, hoje Museu Nacional da Quinta da Boa Vista. O aparelho foi presente de Alexander Graham Bell ao Imperador D. Pedro II. O invento utilizava uma linha até o centro da cidade e fora construído nas oficinas da "Western and Brazilian Telegraph Company".

1879

Decreto Imperial de D. Pedro II autoriza o funcionamento da primeira "Companhia Telephonica Brasileira.

Início da telefonia pública no Brasil. Começam a funcionar os primeiros telefones do Rio de Janeiro.

 

1880

Formada a Telephone Company of Brazil na cidade de Boston, primeira empresa a explorar os serviços de telefonia no Brasil.

1882

Início dos trabalhos de implantação da telefonia no Estado do Paraná. O decreto nº 8460 concede ao cidadão Morris N. Kolin permissão para assentar linhas telefônicas em algumas localidades do país, entre elas Curitiba.

1883

Construída a primeira linha interurbana pela Telephone Company of Brazil, ligando a Corte à cidade de Petrópolis.

1884

Começam a funcionar os primeiros telefones de São Paulo.

1886

Foram implantadas as primeiras linhas particulares em território paranaense, ligando escritórios comerciais em Paranaguá.

1887

Chega a Curitiba, o invento de Alexander Graham Bell - ligando o Palácio da Presidência (esquina da Barão do Cerro Azul e Carlos Cavalcanti) com a Secretaria de Polícia, o Quartel do 3º Regimento de Artilharia e a Estação da Estrada de Ferro.

1891

Inaugura-se a primeira linha telefônica Londres - Paris.

Início da exploração dos primeiros telefones públicos no Paraná, por iniciativa particular.

1892

Graham Bell inaugura a ligação telefônica Nova York - Chicago.

Almon Brown Strowger inaugura em La Porte (Indiana) a primeira central telefônica automática do mundo com 56 telefones.

Na Suécia, Lars Magnus Ericsson cria o primeiro "monofone", uma revolução no desenho industrial do telefone.

1893

O Padre Landell de Moura realiza com êxito, na cidade de São Paulo, as primeiras transmissões de sinais telegráficos e da voz humana em telefonia sem fio no mundo.

1895

Guilherme Marconi demonstra a possibilidade de transmissão de sinais de rádio-elétricos.

Korn tenta com êxito a transmissão de fotografia por meio de fios (telefotografias).

É instalada em Curitiba uma rede telefônica com 50 aparelhos telefônicos.

 

1901

Marconi consegue transmitir sinais telegráficos, pelo telégrafo sem fio, através do Oceano Atlântico, entre Terra Nova (Canadá) e a Cornualha (Sul da Grã-Bretanha).

1907

Instalação da primeira Companhia Telefônica do Paraná (PontaGrossa).

1911

Início dos serviços de telefones públicos em Paranaguá.

1915

Inauguração da ligação transcontinental Nova York - São Francisco por Bell.

1920

Nasce a radiofusão no mundo, em Pittsburgh (EUA).

1922

Primeira transmissão radiofônica no Brasil, por ocasião do Centenário da Independência do Brasil.

1923

Criado o serviço telefônico de Curitiba, por iniciativa do poder Público.

1927

São conseguidas as primeiras ligações telefônicas intercontinentais através do Atlântico Norte.

Criada a Companhia Telefônica Paranaense, sendo incorporador o Sr. Conrado Ericksen. Estava instalada na rua Monsenhor Celso esquina com Marechal Deodoro, daí foi transferida para a Travessa Marumbi.

 

1931

As ligações telefônicas entre França e Inglaterra, no Canal da Mancha, já são feitas por microondas.

1935

O acervo da CTP foi adquirido pela "International Telegraph and Telephone Corporation - ITT". Nessa época eram prestados serviços locais e interurbanos às cidades de Curitiba, Paranaguá, Antonina, Ponta Grossa, São José do Pinhais e Castro.

1946

Londrina e Maringá foram ligadas à Rede Telefônica do Estado de São Paulo.

1951

A CTP incorporou-se à Companhia Telefônica Nacional, do Rio Grande do Sul, surgindo então a Companhia Telefônica Nacional - Divisão do Paraná.

1958

Inaugurada a Central da Travessa Jesuíno Marcondes, com 9.000 telefones automáticos.

 

1962

Primeiro satélite mundial de telecomunicações, o Telstar, permite a transmissão de TV intercontinental.

Constituído o Comsat - Consórcio Internacional de Comunicação via satélite.

1963

No Brasil, a Lei 4.117, se transforma no Código Brasileiro de Telecomunicações.

Criado o DENTEL, com a finalidade de orientar e coordenar a política de Telecomunicações no Estado do Paraná.

A 27 de novembro desse ano foi criada a TELEPAR.

1964

Outorgada por Lei Estadual à TELEPAR, a concessão dos serviços telefônicos interurbanos do Estado do Paraná.

1965

É criada a EMBRATEL - Empresa Brasileira de Telecomunicações.

1966

O governo brasileiro decide adquirir a Companhia Telefônica Brasileira.

1967

Criação do Ministério das Comunicações.

A TELEPAR adquiriu a CTN - Divisão do Paraná e outras companhias do interior do Estado.

 

1970

Entrada em operação do sistema DDD, interligando algumas localidades.

Inaugurado o Palácio das Telecomunicações do Paraná Presidente Costa e Silva, em Curitiba.

1971

Lançado o Plano de 1 milhão de telefones, pela CTB.

1972

Instala-se a Telecomunicações Brasileira S/A - a TELEBRÁS.

1973

Inauguração da "BRACAN", moderno cabo subterrâneo construído pela EMBRATEL, ligando o Brasil às Ilhas Canárias.

1975

O Brasil integra-se ao Sistema de discagem direta internacional (DDI).

A TELEPAR foi incorporada ao sistema TELEBRÁS.

1976

Comemora-se o centenário do telefone de Graham Bell.

Início da digitalização da rede básica de transmissão de alta capacidade.

 

1980

Iniciou-se a prestação de serviços de comunicação de dados no Brasil pela EMBRATEL.

1982

Lançado o telefone público para deficientes auditivos no Paraná, primeiro do gênero no Brasil.

1985

Inaugurada no Paraná, a milésima localidade atendida por Serviço Telefônico.

1986

Instalação de cabos de fibra ótica entre São José dos Pinhais e Curitiba.

1988

Instalação da primeira central digital EWSD, em Maringá.

1989

Início da RDI- Rede Digital Integrada em Curitiba.

 

1990

Início dos serviços de Telecomunicações de Dados na TELEPAR - o DATAPAR.

1991

Implantação da primeira Estação Rádio Base (ERB) de Telefonia Celular Fixa do Estado do Paraná - Cascavel.

Início da Rede Digital Interurbana de Dados.

1992

Início da Rede Digital Urbana em Curitiba.

Implantação da Telefonia Celular Móvel na Capital com 10.000 terminais.

Implantação de 500 telefones públicos a cartão em Curitiba e mais 5.000 telefones públicos a cartão no Estado do Paraná.

Abrangência da Rede Digital Integrada - RDI em Londrina, Maringá, Ponta Grossa. Até 1995 abrangerá as principais cidades do Estado do Paraná.

1995

Previsão de ampliação dos equipamentos de telefonia Celular do Sistema Curitiba (Curitiba, Região Metropolitana e Litoral), permitindo o atendimento de 110.000 clientes.

1996

Ultrapassagem do milionésimo terminal telefônico instalado.

Implantação do anél de fibra óptica de Curitiba.

Início da primeira etapa do Rotpar, com uma rede de 1500 quilômetros de fibra óptica interligando os principais municípios do Estado.

1997

Telepar bate recorde na colocação em serviço de telefones convencionais - 121,2 mil terminais.

Início de obras da ROTPAR, a rede de fibras ópticas, o mais importante projeto de infra-estrutura de telecomunicações da história do Paraná.

Ativação do sistema Backbone para atuação como provedor da Internet.

 

ESTE TRABALHO FOI DESENVOLVIDO PELA TELECOMUNICAÇÕES DO PARANÁ S.A. - TELEPAR, ATRAVÉS DA PESQUISA DOS RESULTADOS DA EMPRESA, PUBLICADOS NOS RELATÓRIOS DA ADMINISTRAÇÃO E DO JORNAL DO MUSEU DA TELESP ANO1 NÚMERO 1 JAN/81.
A CÓPIA TOTAL OU PARCIAL DO MESMO ESTÁ AUTORIZADA, DESDE QUE SEJA CITADA A FONTE DE PESQUISA.